“Estou preparado para defender o meu parecer no plenário” diz Fausto Pinato

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2015 09h58
Coletiva de imprensa do dep. Fausto Pinato (PRB-SP) sobre processo relativo ao presidente da Câmara, dep. Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética Data: 16/11/2015 - Alex Ferreira / Câmara dos DeputadosFausto Pinato

 O deputado Fausto Pinato (PRB-SP) foi escolhido pelo presidente do Conselho de Ética, o deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), para ser o relator no processo que pede à cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB – RJ).

Pinato adiantou a entrega do seu parecer sobre a abertura do processo contra Cunha, que poderia ser entregue até o dia 19/11. Ele fala que se dedicou para conseguir o resultado: “Quando fui nomeado relator minha vida mudou. Com a pressão de imprensa, eu me isolei e fiz um compromisso comigo. Eu viraria juiz, estudei profundamente o código de ética, fiz um embasamento técnico e procurei dar uma resposta rápida para a sociedade”.

O relator protocolou o parecer preliminar do caso, que dará continuidade às investigações. Ele afirma que se preparou para sustentar sua tese: “Como não é um processo comum, é contra o presidente da Câmara, meu parecer pode ser contestado, podem tentar desmoralizar o relator, mas quero falar tanto ao denunciante e ao denunciado que vou fazer um trabalho bem técnico. Estou preparado para defender o meu parecer no plenário”.

Com a aprovação do parecer por um colegiado, será aberto oficialmente o processo contra Eduardo Cunha, que terá amplo direito de defesa. Esse processo, por sua vez, irá ao Plenário para votação.

O parecer contém a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e a transcrição da fala de Eduardo Cunha durante a CPI da Petrobras, onde o presidente da Câmara negou ter contas no exterior.

Confira a entrevista completa no Jornal da Manhã.