EUA endurecem verificação para vistos; redes sociais poderão ser verificadas

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2017 08h16
REPRODUÇÃO Passaportes

Governo Trump lança questionário mais rígido para países do mundo todo solicitarem o visto norte-americano. O novo documento exige informações pessoais de 15 anos atrás e pode pedir até dados de redes sociais dos últimos cinco anos.

Em debates públicos, diversas autoridades de educação e grupos acadêmicos criticaram a decisão por acreditar que o processo de obtenção do visto ficaria mais lento.

Já a advogada de imigração especialista em visto americano, Ingrid Baracchini, apontou que as mudanças trazem atrasos apenas no preenchimento do formulário, não no processo geral: “com essas novas modificações, foram adicionadas perguntas ao formulário. Isso não vai atrasar o processo, vai tornar mais lento para quem está preenchendo”.

A especialista explicou ainda que o formulário sempre foi inteligente, e as novas perguntas pretendem apurar melhor a veracidade das informações declaradas.

O Departamento de Estado afirmou que a verificação mais rígida se aplicaria a quem apresentar conexão com terrorismo, ou algo relacionado à segurança nacional.

De acordo com a doutora Ingrid Baracchini, no Brasil, o intuito não é ligado ao terrorismo, mas sim à residência ilegal: “tem muita gente que diz que está indo à turismo, mas, na verdade, a intenção verdadeira das pessoas é ficar nos Estados Unidos”.

As mudanças no formulário foram aprovadas em 23 de maio pelo Escritório de Gestão e Orçamento dos Estados Unidos.

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto