Falta de recursos para combate a Aids é alarmante, avalia especialista

  • Por Jovem Pan
  • 18/07/2016 07h02
Aids

Principal evento de discussão da Aids no mundo começa nesta segunda-feira (18) na África do Sul num cenário em que a preocupação com a prevenção aumenta.

O tema da 21ª Conferência Internacional da Aids é “Direitos de Acesso Iguais Já”, relacionado ao acesso aos recursos de combate à síndrome.

A maioria dos obstáculos que impedem uma prevenção e tratamento efetivos do HIV são os mesmos do começo do século, de acordo com a organização.

O assessor especial de projetos da Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids, Veriano Terto Júnior, afirmou que a falta de recursos é alarmante.

“A falta de recursos no SUS, esse baixo investimento, também implica na prevenção. Da mesma maneira que o desinvestimento, não só econômico, mas também político das organizações comunitárias, essas organizações eram fomento para a prevenção, no sentido de que poderiam articular as populações mais vulneráveis”, disse.

O Brasil concentra mais de 40% das novas infecções pela Aids na América Latina e no Caribe em cinco anos e doença avança no País.

O número foi divulgado nesta semana pela Unaids, a agência das Nações Unidas de combate à síndrome desencadeada pelo vírus HIV.

*Informações do repórter Tiago Muniz