Feriados nacionais em 2017 podem gerar prejuízo de R$ 10 bilhões para o varejo

  • Por Jovem Pan
  • 03/01/2017 10h32
dinheiro - Fotos Públicas

Feriados nacionais podem gerar prejuízo de R$ 10 bilhões para o varejo brasileiro durante 2017. A estimativa é da Fecomércio de São Paulo, que aponta que os setores de vestuário, tecidos e calçados deverão ser os mais afetados.

Os supermercados poderão perder R$ 3 bilhões, montante 2% acima do registrado no ano passado.

Neste ano, estão previstos 10 feriados prolongados, um a mais que em 2016, já que o 1º de Maio cai em uma segunda-feira e não no domingo.

No levantamento, foram desconsiderados os feriados estaduais e municipais que também afetam a atividade comercial.

O assessor econômico da entidade, Guilherme Dietze, explicou ao repórter Anderson Costa que as compras por impulso são as mais atingidas.

A Fecomércio defende que feriados que caiam na quinta e na terça-feira passem para sexta ou segunda para reduzir o prejuízo do varejo.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, Humberto Barbato, disse à Jovem Pan que o setor sente menos os efeitos dos feriados.

O presidente da Abinee explicou ainda que indústrias com produção intensiva já não param naturalmente durante os feriados.

Humberto Barbato acrescentou que, para a indústria elétrica e eletrônica, os feriados podem ser oportunidades de aumento para a demanda por produtos.