Ferraço garante que Dilma será tratada como “mãe, mulher, avó e ser humano”

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2016 09h12
Ricardo Ferraço - Ag. Senado

Em entrevista exclusiva à equipe da Jovem Pan em Brasília, o senador Ricardo ferraço (PSDB-ES) garantiu que, “em hipótese alguma” a base de Michel Temer colaborará com o vitimismo esperado no discurso da presidente afastada Dilma Rousseff.

“A presidente está aqui como ré. Ela está sendo julgada e vem aqui se defender de seus atos”, disse o tucano. “Vamos tratá-la com o máximo respeito, como mãe, mulher, avó, como ser humano, por mais radical que possa se estabelecer. Mas ela está aqui na condição de presidente afastada. Será tratada com respeito, mas será duramente questionada”, garantiu.

Ele garantiu ainda que a petista será tratada de forma respeitosa. “Vamos tratá-la com muito respeito que todo ser humano merece. Mas evidentemente que, se tiver grosseria, vamos reagir à altura, mas com respeito e com muita dureza”, assegurou.

Ferraço disse crer que Dilma será condenada e que terá seu mandato cassado já nesta terça-feira (30). “Voto não é salvo conduto, um cheque em branco. A lei é um marco civilizatório”, lembrou.

Mais uma sessão tensa no Senado?

Segundo Ferraço, a sessão de semana passada foi deprimente. Ele referiu-se ao episódio marcado entre Gleisi Hoffmann, Ronaldo Caiado e Lindbergh Farias, que trocaram ofensas em plenário.

“Eu não venho para cá para espetáculos. Mas reconheço que aliados de Dilma vêm para cá fazer isso”, defendeu-se.

Confira a entrevista completa: