Gegê do Mangue deve ser julgado à revelia, nesta segunda, por assassinatos

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2017 09h38
Gegê do mangue, um dos maiores líderes históricos do PCC, foi assassinado em fevereiro do ano passado, no Ceará

Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, deve ser julgado à revelia nesta segunda-feira (03) em São Paulo. Ele é considerado por autoridades que investigam o crime organizado como o número três do Primeiro Comando da Capital.

O julgamento está marcado para começar às 10h30 no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital.

O acusado é acusado de mandar matar criminosos nas ruas em 2004, quando ainda estava preso. Mesmo assim, ele respondia em liberdade por esse crime. Ele estava solto desde o dia 2 de fevereiro após a Justiça atender pedido da defesa, que alegou excesso de prazo para ele ser julgado pelos assassinatos.

Mais tarde, por não comparecer ao próprio julgamento, em 20 de fevereiro, Gegê do Mangue passou a ser considerado foragido. Assim, a Justiça decretou sua prisão preventiva.

O magistrado que deve presidir o julgamento desta segunda-feira (03) é Luis Gustavo Esteves Ferreira.

Mesmo que não compareça, mais uma vez, ao júri popular, o acusado será julgado a partir das 10h30. Um corpo de sete jurados irá decidir se Gegê do Mangue será ou não absolvido.