Gestão Haddad paga R$ 540 mil por vídeos institucionais nunca veiculados

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2016 06h57
09/02/2015- São Paulo- SP, Brasil- O cruzamento da Rua Xavier de Toledo e com o Viaduto do Chá recebeu nesta segunda-feira (9) uma nova faixa de pedestres diagonal. A sinalização em X tem como objetivo tornar mais segura e mais ágil a travessia, que ficou um minuto mais rápida. No pico da tarde, passam pelo local 6.800 pessoas por hora. A faixa diagonal também já foi instalada nos cruzamentos das ruas Riachuelo e Cristovão Colombo e das avenidas Ipiranga e São João. Cesar Ogata/SECOM Teatro Municipal de São Paulo (Secom)

A gestão Fernando Haddad (PT) pagou R$ 540 mil por vídeos institucionais para a televisão, anúncios para emissoras de rádio e um minidocumentário do Teatro Municipal nunca veiculados na mídia.

Há um ano, o material foi finalizado e entregue à Prefeitura, que aprovou e posteriormente engavetou a produção, apesar de manter os pagamentos.

O contrato está sob investigação no Ministério Público Estadual.

A Fundação Theatro Municipal de São Paulo publicou os seis vídeos produzidos pela “Olhar Imaginário” no YouTube, no dia 4 de julho deste ano.

A apresentação da campanha foi feita em 25 de julho do ano passado diretamente ao prefeito Fernando Haddad e à equipe da fundação, incluindo o ex-diretor José Luiz Herência e o maestro John Neschling. Todos teriam elogiado e aprovado o serviço.

Com duração entre 30 segundos e 3 minutos, as produções mostram o trabalho por trás dos palcos, com destaque para a capacitação da Orquestra Sinfônica Municipal, os ensaios do Balé da Cidade e o trabalho da Escola Municipal de Música.

*Informações da repórter Carolina Ercolin