Governo distribui testes rápidos de zika; prioridade é para gestantes e crianças

  • Por Jovem Pan
  • 26/10/2016 07h31
Teste rápido para detecção do vírus Zika (Sayonara Moreno/Agência Brasil)

Governo passa a distribuir testes rápidos na rede da saúde para grávidas que estão de suspeita de infecção do vírus zika.

Ao todo, serão adquiridos 3,5 milhões de testes que poderão em um período de 20 minutos dizer se a gestante foi infectada.

A análise é feita por meio de uma amostra de sangue da paciente que é colocada em um dispositivo que alerta se há reação a dois anticorpos que identificam a quanto tempo a pessoa foi infectada.

O ministro da Saúde Ricardo Barros lembrou que a prioridade para os testes será para as gestantes e também para as crianças: “nós estamos disponibilizando este teste para que a gente possa cuidar das crianças, gestantes”.

A distribuição é fruto de um acordo entre o Ministério da Saúde e o laboratório Bahiafarma, que é vinculado à Secretaria de Saúde da Bahia.

Dois milhões dos 3,5 milhões de testes estarão disponíveis em dezembro. No total, o Governo gastou R$ 119 milhões no investimento.

*Informações do repórter Victor LaRegina