Governo irá lançar portal único de comércio para agilizar exportações

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2017 06h56
exportações

Para tentar agilizar o processo de exportação no País, o Governo está tirando do papel, uma medida já anunciada no ano passado: o chamado portal único de comércio exterior.

Em um primeiro momento, a novidade começa a valer nos aeroportos de Guarulhos e Viracopos em São Paulo, Galeão no Rio de Janeiro e Confins em Minas Gerais visando produtos de alto valor agregado. Como por exemplo, partes de aeronaves e automóveis, medicamentos e calçados.

A partir de abril, a expectativa é de que a informatização já esteja valendo nos principais portos brasileiros.

Com o novo portal, praticamente não haverá documentos em papel, todas as autorizações estarão online, o que deverá reduzir a burocracia e também o tempo gasto para a exportação ou para liberação das importações.

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid. avaliou a novidade como um avanço, uma vez que, segundo ele, vai significar redução do custo e do tempo gasto no processo.

“A conclusão deste processo vai ensejar uma redução de tempo, em torno de 40%”, disse.

A meta é reduzir o prazo gasto no processo de exportação de 18 pra 13 dias e de importação de 13 para 10 dias.

Com a disponibilização de todas as informações pelo portal, a expectativa da Receita Federal é também que o processo de liberação das mercadorias, seja nos aeroportos, portos, ferrovias ou rodovias, tende a cair substancialmente.

*Informações da repórter Luciana Verdolin