Governo marca leilão de aeroportos para março; certame deve atrair R$ 6,6 bi

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2016 09h09
22/09/10 Comemoração dos 5 milhões de clientes da azul Na foto: Foto: Mila Cordeiro/ AGECOM Wikimedia Commons Aeroporto de Salvador (Wikimedia)

Governo marca para o início do ano que vem o leilão dos aeroportos de Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.

O certame deve acontecer no mês de março e atrair um investimento total de R$ 6,6 bilhões durante 30 anos de concessão.

O valor mínimo que as empresas pagarão ao Governo para explorar os terminais chega a pouco mais de R$ 3 bilhões, sendo que 25% disso terá que ser pago à vista.

O secretário do programa de parcerias de investimento, Moreira Franco, destacou ainda que a medida vai criar 30 mil empregos. “O Governo espera arrecadar um mínimo de R$ 2,9 bilhões correspondente a soma dos valores de outorga fixados para cada aeroporto a ser concedido”, disse.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (30) em Brasília, o ministro dos Transportes Maurício Quintella, afirmou que o País tem um ambiente muito mais favorável a esse tipo de negócio.

“Manter a previsibilidade, o compromisso com prazos e garantir segurança jurídica para que o programa de concessão seja um sucesso”, disse.

Mauricio Quintella acrescentou que grupos espanhóis, franceses, alemães, suiços, chineses e brasileiros já demonstraram interesse nos aeroportos.

Nesta quarta-feira, na BMF Bovespa, em São Paulo, o Governo Temer oficializou a primeira privatização do programa de parcerias de investimentos.

95% das ações da distribuidora de eletricidade goiana Celg D foi arrematada por R$ 2,8 bilhões pela empresa italiana Enel.

Até o final do ano que vem, a Eletrobrás já decidiu que vai vender mais seis distribuidoras que atuam nas regiões norte e nordeste do país.

*Informações do repórter Victor LaRegina