Governo quer atrair sócio privado para concluir obras na Usina de Angra 3

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2017 06h47
Angra 3

Governo quer atrair sócio privado para concluir obra da usina nuclear de Angra 3. O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que vai levar à próxima reunião do CNPE, em junho, Conselho Nacional de política energética, uma solução para conclusão da obra da usina nuclear de Angra 3 aqui no estado do Rio.

A obra está parada desde 2015, quando a Operação Lava Jato chegou até ela descobriu uma série de falcatruas e irregularidades. Inclusive, o ex-presidente da Eletronuclear, subsidiárias na Eletrobrás, Almirante Othon Luiz Pinheiro, foi preso operação e acusado de obter vantagens em contratos da usina de Angra 3. 60% da Usina está concluída, ainda faltam os outros 40%.

De acordo com o ministro de Minas e Energia, já foram gastos até agora quase R$ 9 bilhões e a Eletrobrás não tem condições de bancar sozinha o andamento da obra. A ideia do Governo é criar uma Sociedade Propósito Específico para procurar um investidor e assim concluir a polêmica obra de Angra 3.

O ministro defendeu a expansão da geração nuclear no País, no entanto, acha um equívoco concentrar todo o polo nuclear em Angra dos Reis.

*Informações do repórter Rodrigo Viga