Grafiteiro detido na 23 de Maio é reincidente e multa deverá ser dobrada

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2017 08h05
SP - DORIA/MURO/PICHAÇÃO - GERAL - ATENÇÃO: FOTO CAPTADA COM CELULAR. Muro da Avenida 23 de Maio sob o viaduto Vergueiro, na zona sul de São Paulo, foi pichado na noite da quarta-feira, 22, com provocação ao prefeito João Doria (PSDB). O autor, que já havia pichado o local em janeiro, logo após a pintura do muro de cinza, foi detido. A Prefeitura pretende multá-lo como reincidente. A Guarda Civil Metropolitana vai tentar usar as fotos da época como prova de que ele repetiu o crime. 22/03/2017 - Foto: MARIO ÂNGELO/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDOpichação

Homem detido pichando muro na Avenida 23 de Maio é reincidente e poderá ter que pagar multa em dobro.

O grafiteiro Iaco escreveu Doria sete vezes seguidas no muro de um viaduto na região do Paraíso, na noite de quarta-feira (22).

A intervenção era um protesto contra o prefeito paulistano que endureceu a fiscalização contra as pichações.

Ele foi flagrado pela Guarda Civil Metropolitana e acabou sendo encaminhado para o 78º distrito policial, nos Jardins.

Iaco foi liberado em seguida e já tinha sido detido em janeiro tentando fazer a mesma pichação também na 23 de Maio.

Questionado sobre a ação, João Doria explicou que o grafiteiro poderá ter pagar a multa em dobro da lei antipichação.

De acordo com a Prefeitura, já foram presos 91 pichadores na capital paulista desde o início do ano.

*Informações do repórter Anderson Costa