Há espaço para adotar postura mais agressiva no corte de juros, diz ex-presidente do BC

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2017 10h58
Reprodução/Youtube Carlos Langoni

O Comitê de Política Monetária do Banco Central realiza nesta semana a reunião que pode cortar ainda mais a taxa básica de juros. Atualmente em 13,75%, a Selic conta com uma expectativa de diminuição para um dígito até o fim do ano.

Em entrevista a Denise Campos de Toledo, o ex-presidente do BC Carlos Langoni afirmou que a instituição tem espaço para adotar uma postura mais agressiva no corte de juros e, desta forma, criar um ambiente mais amigável para consumidores e investimentos.

Langoni, entretanto, não crê em um corte muito grande já na primeira reunião do ano. “Acho 0,75 p.p uma probabilidade pequena”, disse. “Terminar o ano com a Selic abaixo de 10% seria, por si só, um grande evento”, completou.

O ex-presidente do BC ressaltou ainda que vivemos um ano de incertezas e citou a indústria como um exemplo de setor em forte queda, mas que no decorrer deste ano pode ter esta diminuída.

Confira a entrevista completa: