Homem preso pela Lei Maria da Penha mata a esposa e tenta se matar em seguida

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2016 07h38
Manaus, 16/09/2015. TJAM encaminha 352 armas de fogo para destruição no 12º Batalhão de Suprimentos do Exército, no km 53 da AM-010. Foto: Raphael Alvesarma de fogo

 Uma mulher foi morta a tiros pelo próprio marido na região da Vila Alpina, na Zona Leste de São Paulo. A vítima, identificada como Marisa, foi assassinada na noite de segunda-feira (25) na porta da residência onde morava.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher retornava do trabalho para casa quando foi surpreendida pelo marido, Márcio. Armado, ele disparou três vezes contra a mulher e, em seguida, atirou contra a própria cabeça.

Marisa morreu na hora, mas o assassino acabou baleando apenas o próprio ouvido. Ele foi levado pelo resgate dos Bombeiros para o pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia, no centro, onde permanece, sob escolta policial.

Ainda segundo a PM, Márcio tinha passagem por agressão à mulher e esteve preso, com base na lei Maria da Penha, mas foi solto há cerca de um mês. Desde então, o suspeito ameaçava matar a companheira, o que acabou se concretizando na noite de segunda-feira. O casal tem um filho de 15 anos. O caso foi registrado no 56º Distrito Policial, da Vila Alpina.