Imprensa internacional reconhece que Rio 2016 teve mais acertos que erros

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2016 09h32
Confira o encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 em imagens

Não vá para o Rio: a violência urbana de lá é incontrolável, os estádios não estão prontos e a proliferação do vírus zika está muito alta.

Com mais ou menos intensidade, não há como negar: esse foi o discurso da imprensa internacional antes da primeira olimpíada realizada no Brasil.

As notícias amplamente divulgadas levaram inclusive à desistência de alguns atletas da competição e até a organização mundial da saúde cogitou pedir o cancelamento dos jogos.

Essa propaganda negativa não é inédita na história das Olimpíadas, mas a Rio 2016 foi tão mal-falada, que a imagem da competição no final das contas foi positiva.

Nesta segunda-feira (22), jornais importantes ao redor do mundo destacaram que a catástrofe brasileira não aconteceu.

O The New York Times disse que o Rio está mudado, se não renascido. O francês Le Monde destacou: houve muitas críticas, mas foi bom.

O The Wall Street Journal escreveu que mais coisas deram certo do que não funcionaram.

Para o consultor esportivo Amir Sommogi, a cobertura negativa antes dos Jogos acabou ajudando o Rio de Janeiro e o Brasil. “O Rio me parece que colheu esse benefício”, disse.

Mas Amir Sommogi lembrou que o desafio mais importante do Rio começa agora: conseguir se beneficiar da olimpíada por um longo tempo. “Poucos foram os apíses que sediram grandes eventos e conseguiram colher não apenas ganho momentâneo, mas ganho de longo prazo”

Para isso, o Brasil tem exemplos a seguir. No campo esportivo, a meta é copiar a Grã-Bretanha, que quatro anos depois de sediar o evento, melhorou seu desempenho e ficou na segunda colocação no quadro de medalhas.

No legado urbano, a referência é Barcelona, que usou os jogos de 1992 para revitalizar uma importante área da cidade.

A competição mais difícil do Rio começa agora: sem holofotes, sem jornalistas estrangeiros e com uma calculadora nas mãos.

*Informações do repórter Victor LaRegina