Indicação de Trump para a Suprema Corte passará por duro teste no Congresso

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2017 10h36
EFE Neil Gorsuch - efe

Indicado de Trump para a Suprema Corte obtém a primeira vitória no processo de aprovação no Congresso.

O nome de Neil Gorsuch foi aprovado pelo comitê de assuntos judiciais do Senado, mas a batalha que se avizinha no plenário será complicada.

Os democratas devem bloquear o andamento das discussões. O partido, que é minoria na Casa, tem 41 senadores dispostos a barrar uma manobra dos republicanos.

A atual regra indica que o debate termina sumariamente e vai para a votação se contarem com pelo menos 60 dos 100 votantes, mas 41 legisladores democratas já adiantaram que obstruirão a votação.

Neste quadro, o líder da maioria, o republicano Mitch McConnel pode acionar a opção nuclear, mecanismo altamente controverso que modifica temporariamente a norma para reduzir o número de votos necessários para uma maioria simples.

O governo Trump tem tido muitos problemas no Congresso. Depois de enterrar a reforma de saúde do presidente, os democratas querem provocar pela primeira vez na história da Casa uma obstrução de um nome para a Suprema Corte.

*Informações do repórter Victor LaRegina