Inspirado em Mário Covas, Doria anuncia mutirões pela cidade já em janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 19/12/2016 07h28
São Paulo 2015-10-29 Visita ao Edificio Matarazzo Sede da Prefeitura de São Paulo Foto Cesar Ogata / SECOMPrefeitura de São Paulo

A diplomação do prefeito eleito João Doria e dos 55 vereadores da capital está marcada para esta segunda-feira (19) na Sala São Paulo.

Já a posse formal dos poderes Executivo e Legislativo ocorre no dia primeiro de janeiro seguida de uma festa inédita no Theatro Municipal. Mas mesmo antes das cerimônias, a gestão tem tido encontros regulares para afinar o discurso e acertar as primeiras ações da gestão.

Na última, neste final de semana, Doria prometeu realizar mutirões pela cidade inspirados no ex-prefeito e ex-governador de São Paulo Mário Covas. A ideia inicial é melhorar a acessibilidade para as pessoas com deficiência.

O projeto inclui parcerias com a iniciativa privada e a mão de obra da própria população.

Segundo o futuro secretário de subprefeituras, Bruno Covas, a ação começará pelo extremo leste da capital, no Itaim Paulista: “estamos buscando parceria privada de empresas que possa colaborar, a Prefeitura colabora com a parte técnica, a Secretaria com as intervenções necessárias e vamos chamar a população para colaborar”.

A manutenção de calçadas é hoje de responsabilidade do proprietário do imóvel, que pode pagar multa se notificado pela Prefeitura por alguma irregularidade.

O mutirão vai incluir a instalação de piso tátil e rampas de acesso para cadeiras de rodas.

O prefeito eleito João Doria confirma o início do projeto Cidade Linda, um plano de limpeza que envolve várias secretarias, pela Avenida 9 de julho já segunda semana de governo e justifica a escolha: “elegemos esse corredor que tem fluxo grande e é onde está a Prefeitura de São Paulo”.

O cronograma inclui ainda as avenidas Paulista, 23 de Maio, Santo Amaro, Belmira Marin e Marechal Tito.

*Informações da repórter Carolina Ercolin