Janot entra para lista de 100 pensadores globais de revista americana

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2015 21h19
BRASÍLIA, DF, 17.09.2015: RODRIGO-JANOT - Rodrigo Janot se emociona durante discurso ao falar do apoio da família na cerimônia de sua recondução ao cargo de procurador geral da República (PGR), no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)Rodrigo Janot

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi escolhido um dos “100 pensadores globais de 2015”, na categoria “Desafiadores”, pela revista norte-americana Foreign Policy, especializada em assuntos internacionais.

Segundo a publicação, Janot se destacou pela atuação nas investigações da Operação Lava Jato mostrando “os esqueletos no armário do Brasil”. A revista ressaltou que o procurador “destemidamente foi atrás daqueles do círculo íntimo da presidente [Dilma Rousseff]”.

Outro ponto a favor de Janot foi o fato de seu gabinete ter indiciado 117 pessoas, o que levou a Petrobras a perder sua presidente, à época Graça Foster, e outros cinco executivos do alto escalão.

Outro brasileiro a figurar na lista foi o neurocientista Miguel Nicolelis, que faz pesquisas na área de próteses neurais, e foi incluído na categoria “Inovadores”.

No âmbito internacional, nomes como os de Angela Merkel, chanceler alemã, e Vladimir Putin, presidente da Rússia, também foram lembrados pela revista.