Abratel pede que Congresso não iguale emissoras de rádio comunitárias e comerciais

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2018 06h32 - Atualizado em 21/06/2018 08h16
PixabayMárcio Novaes deu o recado diretamente ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira, e ao presidente da República, Michel Temer, nesta quarta-feira (20)

O presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão pede que os parlamentares não igualem emissoras comunitárias e comerciais. Márcio Novaes deu o recado diretamente ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira, e ao presidente da República, Michel Temer, nesta quarta-feira (20).

As autoridades participavam de um evento promovido pela Abratel que discutia o impacto que a difusão de notícias falsas pode causar nas eleições deste ano.

O pedido do presidente da entidade é feito no momento em que tramitam pelo Senado projetos que podem mudar completamente as rádios comunitárias.

Entre os textos que estão circulando constam propostas que podem permitir que elas veiculem anúncios e aumentem a potência dos transmissores.

O presidente da Abratel, Márcio Novaes, disse que rádios comunitárias e comerciais não devem ser equiparadas pois são diferentes na legislação.

O Senado também aprecia a possibilidade de as emissoras comunitárias receberem recursos pela lei Rouanet. A radiodifusão comunitária foi estabelecida por meio de uma lei de 1998.

*Informações do repórter Tiago Muniz