Ação da PF e MP cumpre mandados no RJ em imóveis de Aécio e Andréa Neves

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2018 07h14 - Atualizado em 11/12/2018 09h02
Marri Nogueira/Agência SenadoTambém são alvos desta operação o presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, e empresários que emitiram notas fiscais frias para o tucano Aécio Neves

A Polícia Federal e o Ministério Público cumprem na manhã desta terça-feira (11) mandados de busca e apreensão em imóveis de Aécio Neves (PSDB) e de sua irmã, Andréa Neves, no Rio de Janeiro.

Também são alvos desta operação o presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, e empresários que emitiram notas fiscais frias para o tucano Aécio Neves. Há buscas também na casa de Cristiane Brasil, deputada e ex-ministra do Trabalho.

Os agentes estão em um prédio de luxo em Ipanema, onde Aécio, deputado eleito, possui residência. A PF também está em Copacabana, endereço de André Neves.

A procura por documentos faz parte de uma operação que tem como base as delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos do grupo J&F relataram um repasse de propina de quase R$ 110 milhões ao senador Aécio Neves.

A operação no Rio de Janeiro é um braço da investida que ocorre em SP, MG, Brasília, BA e RN.

De acordo com a PF, Aécio comprou apoio político do Solidariedade por R$ 15 milhões. Empresários paulistas, segundo as investigações, ajudaram com doações de campanha e caixa dois por meio de notas frias.