Ação pede impugnação da vice de Paulo Skaf na disputa pelo governo de SP

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2018 07h06 - Atualizado em 22/08/2018 09h41
ReproduçãoO pedido de impugnação é da candidata do PSDB a deputada estadual, Michele Veneziano Silva Augusto

Ação no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo contesta legalidade da vice de Paulo Skaf, a tenente-coronel da Polícia Militar, Carla Danielle Basson, ao governo do Estado pelo MDB.

O pedido de impugnação é da candidata do PSDB a deputada estadual, Michele Veneziano Silva Augusto, explicou o advogado especialista em Direito eleitoral, Arthur Rollo.

Na apresentação da vice, a chapa de Skaf usou decisão do Tribunal Superior Eleitoral, de fevereiro, na qual o plenário da corte, por unanimidade, confirmou que o militar elegível não ocupante de função de comando deverá estar afastado do serviço ativo no momento em que for requerido o seu registro de candidatura.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Marcelo Mattos