Acidente de helicóptero no México mata casal de políticos

  • Por Jovem Pan
  • 26/12/2018 06h27 - Atualizado em 26/12/2018 08h27
EFEObrador lamentou o ocorrido e se comprometeu a investigar as causas da queda de aeronave

A governadora do estado de Puebla, no México, Martha Erika Alonso, e o senador Rafael Moreno Valle morreram em um acidente de helicóptero na tarde desta segunda-feira (24). Os dois eram casados e seguiam com destino à Cidade do México.

O helicóptero caiu em uma plantação de milho cerca de 10 minutos após a decolagem. Segundo a secretaria de Segurança Pública e Proteção Cidadã do México, a queda foi causada por uma aparente falha ainda não especificada.

Além da governadora e do senador, outras três pessoas morreram: o capitão Roberto Pope e o primeiro oficial Marco Antonio Pavera. O quinto ocupante da aeronave não teve a identidade revelada.

O helicóptero era propriedade da empresa Serviços Aéreos do Planalto e tinha permissão vigente. A questão é, de certa forma polêmica, porque o partido do presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, havia contestado a validade da eleição de Alonso como governadora.

Obrador lamentou o ocorrido e se comprometeu a investigar as causas da queda de aeronave.

O exército, a Polícia Federal, o Ministério Público e peritos da Secretaria de Comunicações e Transportes do México também atuam na investigação do incidente.

*Informações da repórter Nanny Cox