ACM Neto diz que DEM não dará apoio irrestrito a Bolsonaro e coloca reeleição de Maia como prioridade

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2018 08h35
Valter Campanato/Agência BrasilACM Neto afirmou que, para o DEM, a reeleição de Rodrigo Maia na presidência da Câmara é prioridade

O presidente do DEM, ACM Neto, se reuniu nesta quarta-feira (21) com a equipe de transição do novo Governo. Ele deixou muito claro que o partido não vai declarar apoio irrestrito a Jair Bolsonaro, e que os três ministros do partido não foram uma indicação da legenda.

ACM Neto afirmou também que, para o DEM, a reeleição de Rodrigo Maia na presidência da Câmara é prioridade.

O vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho, anunciou que também será candidato. Nesta quarta-feira ele se reuniu com o presidente eleito, que reafirmou o compromisso do Governo de não interferir nessa questão.

Quem também se reuniu com o presidente eleito foi o futuro ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva. Ele anunciou os nomes dos nomes comandantes das Forças Armadas a partir do ano que vem.

O Almirante de esquadra Ilques Barbosa será o novo comandante da Marinha; o novo comandante do Exército será o general Edson Leal Pujol, e o Tenente Brigadeiro do Ar Antônio Carlos Bermudez, será o novo comandante da Aeronáutica.

Perguntado sobre a intervenção no Rio de Janeiro, o ministro da Defesa, afirmou que os trabalhos deverão terminar mesmo em dezembro, e que não há ainda previsão de prorrogação.

Foram anunciados também os nomes de André Luiz de Almeida Mendonça para a Advocacia-Geral da União e foi confirmada a indicação do advogado Gustavo Bebiano para a Secretaria de Governo.

*Informações da repórter Luciana Verdolin