Ações renderam mais de R$ 2 bilhões a trabalhadores na Justiça gaúcha em 2017

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2018 07h12
joelfotos/PixabayDeste total, R$ 723 milhões foram pagos em acordos, R$ 43 milhões quitados espontaneamente pelos condenados e R$ 1,610 bilhão liquidados após a cobrança da dívida pela Justiça

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul garantiu em 2017 o pagamento de R$ 2,380 bilhões a trabalhadores que tiveram direitos reconhecidos em ações judiciais.

Deste total, R$ 723 milhões foram pagos em acordos, R$ 43 milhões quitados espontaneamente pelos condenados e R$ 1,610 bilhão liquidados após a cobrança da dívida pela Justiça. Estas decisões reverteram R$ 298 milhões aos cofres públicos em contribuições previdenciárias, custas e multas.

Os dados de 2017 revelam o equilíbrio das decisões dos processos solucionados com exame de mérito.

Conforme a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, os numerosa revelam a vocação conciliadora do tribunal e o reconhecimento ao que é dos trabalhadores com base nas provas.

*Informações do repórter Sandro Sauer