Ações para restabelecer funcionamento da saúde disparam na pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2020 06h06 - Atualizado em 05/06/2020 08h09
SANDRO PEREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOApesar dos desafios do trabalho remoto e por videoconferência, o judiciário continua sendo demandado na pandemia

Ações para restabelecer funcionamento de hospitais e atendimentos na área da saúde disparam durante a pandemia da Covid-19. De acordo com o setor, milhares de casos foram analisados em tempo recorde.

Apesar dos desafios do trabalho remoto e por videoconferência, o judiciário continua sendo demandado. A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Renata Gil, explica que as ações recebidas durante esse período de pandemia são muito abrangentes.

Já a presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça, Noemia Porto, afirma que a rotina mudou, mas não parou para os membros do judiciário.

A audiência virtual da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (4), também contou com a presença de Humberto Martins, futuro presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Martins, que toma posse em agosto, ressalta que o judiciário está fazendo de tudo para dar conta da demanda.

Falando aos deputados, o ministro Humberto Martins reiterou que não é possível prever a volta ao trabalho presencial. Atual Corregedor Nacional de Justiça, o magistrado do STJ, foi eleito em maio para presidir a corte e toma posse em agosto deste ano.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni