Acordo de leniência recupera mais de R$ 800 milhões para Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2019 07h33
Tânia Rêgo/Agência BrasilValor poderá ser pago em três parcelas e dentro do prazo de dois anos

O Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PA), a Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia-Geral da União (AGU) anunciaram, nesta terça-feira (25), um acordo de leniência com as empresas Technip Brasil e Flexibras por atos ilícitos cometidos em prejuízo da Petrobras. As duas firmas foram investigadas na Operação Lava Jato.

Com a medida, R$ 820 milhões serão devolvidos à estatal. O valor poderá ser pago em três parcelas e dentro do prazo de dois anos. Entre os motivos do pagamento estão a reparação de danos, devolução de lucros e pagamento de multa prevista na Lei de Improbidade Administrativa.

Em contrapartida, a empresa se comprometeu a implementar e aprimorar programas de integridade (compliance), ética e transparência, apresentando relatórios anuais ao Ministério Público Federal e à Controladoria-Geral da União.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos