Acusado de chefiar milícia no RJ, ex-vereador Jerominho é solto após 10 anos de prisão

  • Por Jovem Pan
  • 26/10/2018 06h02
Reprodução/FacebookJerominho é acusado de comandar uma das principais milícias do RJ, Liga da Justiça, com atuação na Zona Oeste

Um dos integrantes da maior milícia do Rio de Janeiro, o ex-vereador Jerônimo Guimarães, o Jerominho, deixou a prisão nesta quinta-feira (25). Ele estava detido desde 2007 no Complexo de Bangu.

Jerominho é acusado de comandar uma das principais milícias do RJ, Liga da Justiça, com atuação na Zona Oeste. Ele foi solto após dez anos de pena e por benefícios da lei.

O irmão dele, o ex-deputado Natalino Guimarães, permanece preso e sem perspectiva de soltura.

*Informações do repórter Rodrigo Viga