Advogado é preso acusado de atrapalhar investigações do caso Pezão

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2018 06h23
ReproduçãoTony Lo Bianco foi detido a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge; a determinação da prisão foi do ministro do STJ Felix Fischer

Advogado é preso acusado de atrapalhar investigações do esquema criminoso que envolve o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Tony Lo Bianco foi detido a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge; a determinação da prisão foi do ministro do STJ Felix Fischer.

Tony Lo Bianco é suspeito de atrapalhar a investigação que resultou na prisão de Luiz Fernando Pezão na Operação Boca de Lobo. O governador do RJ foi preso na semana retrasada acusado de montar esquema de propina e acumular, ao longo de oito anos, quase R$ 40 milhões.

Quatro mandados de busca e apreensão também foram cumpridos nesta segunda-feira (10) em endereços ligados ao advogado. Ele atua em empresa fabricante de aparelhos celulares e placas solares.

A empresa, inclusive, é integrante do consórcio que venceu a licitação para obra de iluminação do Arco Metropolitano. Há suspeitas de que houve superfaturamento em sua execução.

*Informações do repórter Rodrigo Viga