Aeroporto de Congonhas fecha por 20 minutos por conta de drone que sobrevoava a região

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2019 06h32 - Atualizado em 10/01/2019 10h10
Rádio Jovem PanDezesseis voos tiveram atrasos acima de 30 minutos entre as 13h10 até 14h

O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ficou fechado por 20 minutos, na tarde desta terça-feira (08), por causa de um drone. Segundo a Força Aérea Brasileira, que é a responsável pelo controle do tráfego aéreo no local, pousos e decolagens ficaram suspensos, por prevenção, das 13h10 até 13h30.

A Polícia Federal chegou a ser acionada para apurar o caso, mas, quando os agentes chegaram, o drone já havia sido recolhido e não foi possível localizar a pessoa que operava o equipamento. Dezesseis voos tiveram atrasos acima de 30 minutos entre as 13h10 até 14h.

No entanto, de acordo com a Infraero, que administra Congonhas, não é possível afirmar que os atrasos tenham, necessariamente, relação com o fechamento do aeroporto.

E não é a primeira vez que o aeroporto de Congonhas enfrenta problemas por causa da presença de drones na região. Em 2017, um outro drone manteve o aeroporto fechado por mais de duas horas.

Segundo o Departamento de Controle do Espaço Aéreo, o voo de equipamento só pode ser realizado a pelo menos nove quilômetros de distância de terminais aeroportuários e a 600 metros de helipontos.

Quem infringe as regras pode ser preso e responder pelo crime de atentado contra a segurança da aviação, que prevê detenção de 2 a 5 anos. Dados da ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil, apontam que o Brasil já possui cerca de 50 mil drones cadastrados.

*Informações do repórter Afonso Marangoni