Agentes dos Deic estouram laboratórios de produção de ecstasy no Guarujá

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2019 08h30
Nos locais havia comprimidos e frascos da droga pronta, além de produtos farmacêuticos para a elaboração de novas remessas

Policiais do Deic, o Departamento Estadual de Investigações Criminais, desativaram na tarde desta segunda-feira (21) dois laboratórios de produção de drogas sintéticas no Litoral de São Paulo.

O esquema funcionava em residências na praia da Enseada e no bairro de Vicente de Carvalho, no município de Guarujá. A equipe apreendeu o maquinário, comprimidos de ecstasy, insumos e prendeu dois responsáveis pela fabricação das drogas.

A identificação dos laboratórios ocorreu durante apurações desenvolvidas por policiais da Delegacia de Investigações sobre Crimes de Intervenção Estratégica.

A equipe apurava o funcionamento de um depósito de organização criminosa e descobriu que pelo menos dois homens controlavam a produção. Eles utilizavam um Hyundai HB20 e um modelo da Citroen nos deslocamentos.

Os agentes da 2ª Delegacia Patrimônio descobriram que um dos laboratórios foi montado em uma residência na rua Vicente Leporace. O local passou a ser monitorado, e a ação foi desfechada quando foi detectada uma movimentação suspeita. A equipe decidiu abordar dois homens que deixavam o imóvel.

Andrew de Oliveira Almeida e Kainan Soares dos Santos não souberam explicar o que fizeram durante as três horas que permaneceram no prédio e acabaram revelando a existência do maquinário automático produzindo ecstasy e lança-perfume. Também havia comprimidos e frascos da droga pronta, além de produtos farmacêuticos para a elaboração de novas remessas.

Os detidos revelaram ainda a existência de outro laboratório na Rua Maranhão, em Vicente de Carvalho, onde os policiais apreenderam outro equipamento em plena produção. Os dois acabaram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

*Com informações do repórter Paulo Édson Fiore