Alckmin minimiza desempenho em pesquisa e diz que é cedo para definir favorito

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2018 06h14
Governo do Estado de São PauloAlckmin falou com jornalistas em Sergipe e atribuiu o fraco desempenho à fragmentação de candidaturas e disse que é cedo para definir um favorito

O presidente nacional do PSDB e pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin, minimizou o último resultado da pesquisa Datafolha, que o coloca com 7% das intenções de voto na corrida presidencial.

Alckmin falou com jornalistas em Sergipe e atribuiu o fraco desempenho à fragmentação de candidaturas e disse que é cedo para definir um favorito.

Ele também falou da investigação sobre suspeita de caixa dois durante sua campanha de 2014. Ele argumentou que não foi denunciado pela Justiça e que a informação contra ele vem de uma delação premiada. O tucano defendeu que sua trajetória na política é honesta e limpa.

Alckmin mencionou como prioridades de sua campanha a saúde, retomada da geração de empregos e renda, além da segurança pública. Nesta área, o tucano disse que criará a Guarda Nacional, a exemplo do que foi feito em São Paulo. Ele destacou ainda a experiência pública que possui.

Sobre economia, Alckmin reforçou a importância do investimento em infraestrutura e desburocratização do Estado para geração de empregos.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Arthur Scotti