Alemanha aprova lei que permite união de homossexuais

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2017 06h54 - Atualizado em 02/10/2017 11h51
EFECom a nova lei, os casais homossexuais passam a ter os mesmos direitos de casais heterossexuais

Lei que permite união de homossexuais entra em vigor na Alemanha. Os primeiros casamentos gays do país foram registrados em Berlim, Hamburgo e Hanover.

Algumas cidades estenderam o horário de funcionamento de cartórios para atender aos casais que desejavam formalizar a união no primeiro dia da nova lei.

Em Hamburgo, foram formalizadas 15 uniões. Mas foi em Berlim que dois homens se tornaram o primeiro casal homossexual oficialmente casado.

Bodo Mende e Karl Kreile contaram à emissora DW como se conheceram: “nós estamos muito felizes. É de tirar o fôlego! É muito emocionante e de tirar o fôlego”.

Desde 2001, casais do mesmo sexo podem registrar união civil na Alemanha. No entanto, com a nova lei, os casais homossexuais passam a ter os mesmos direitos de casais heterossexuais.

A votação no parlamento foi realizada em junho deste ano.

Na época, uma pesquisa feita com a população apontou que a maioria era a favor da legalização da união entre pessoas do mesmo sexo.

Embora a chanceler alemã Angela Merkel tenha votado contra, o Parlamento seguiu a vontade da população e se mostrou a favor do casamento gay.

A lei, que entrou em vigor no último domingo, faz da Alemanha o 23º país a aprovar a união de homossexuais.

Cerca de 100 mil casais de pessoas do mesmo sexo vivem juntos na Alemanha.

*Informações da repórter Nanny Cox