Alerj aprova porte de armas apenas para agentes do Degase

A Alerj negou o porte de armas para deputados estaduais

  • Por Jovem Pan
  • 25/04/2019 06h16
Reprodução/Site OficialSem mudanças ou surpresas, os deputados aprovaram o porte de armas apenas para agentes do Degase

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro negou o porte de armas para deputados estaduais. Nesta quarta-feira (24), foi aprovado apenas o porte de armas para agentes do Degase, instituição voltada para recuperar e regenerar menores infratores.

Mas o mesmo projeto tinha sofrido alterações no começo deste mês. Mediante as mudanças, os parlamentares da Casa tinham autorizado porte de armas aos agentes, a auditores-fiscais, para eles próprios, além de aprovarem prisão especial para parlamentares do Estado.

A Alerj tem sido alvo frequente de operações, denúncias e investigações. No ano passado, parlamentares foram presos e alguns até tomaram posse na cadeia. Além disso, três ex-presidentes da Casa foram presos.

Diante da repercussão negativa das medidas aprovadas, o presidente da Casa, André Siciliano, nem encaminhou o projeto aprovado para sanção do governador Wilson Witzel. Ele decidiu dar um passo atrás e colocou novamente em votação nesta quarta.

Sem mudanças ou surpresas, os deputados aprovaram o porte de armas apenas para agentes do Degase.

*Informações do repórter Rodrigo Viga