Alexandre de Moraes critica modelo do fundo partidário: ‘Hoje é mais negócio montar partido’

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2018 07h50 - Atualizado em 18/12/2018 08h09
EFE/Andre CoelhoO ministro ironizou e disse que “queria que alguém desde Platão apontasse 39 ou 50 ideologias”, e defendeu a reforma política

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, criticou o modelo do fundo partidário e ressaltou que o PSL, de Jair Bolsonaro, vai receber R$ 110 milhões.

Na Associação Comercial de São Paulo, Alexandre de Moraes destacou que 31 partidos elegeram parlamentares na Câmara e 21 no Senado, e que o Brasil tem 38 legendas e poderia chegar a 54.

O ministro ironizou e disse que “queria que alguém desde Platão apontasse 39 ou 50 ideologias”, e defendeu a reforma política.

*Informações do repórter Marcelo Mattos