Alvo de operação do MP e Polícia Civil, secretário de São Bernardo do Campo é exonerado

  • Por Jovem Pan
  • 01/11/2017 07h22 - Atualizado em 01/11/2017 11h34
Reprodução/FacebookUm dos alvos da Operação Barbatanas é o secretário Mario Henrique de Abreu, vereador do PSDB, que é acusado de montar um esquema de corrupção

O Ministério Público e a Polícia Civil realizaram uma operação contra uma organização criminosa na secretaria de Gestão Ambiental de São Bernardo do Campo, na grande São Paulo.

Um dos alvos da Operação Barbatanas é o secretário Mario Henrique de Abreu, vereador do PSDB, que é acusado de montar um esquema de corrupção. Ele foi exonerado do cargo pelo prefeito Orlando Morando.

Outros dois servidores da pasta também foram demitidos nesta terça-feira. Ao todo, sete pessoas são investigadas pelo Ministério Público.

Segundo a Promotoria de Justiça de São Bernardo do Campo, o grupo é investigado por atos de improbidade. Eles vão responder por organização criminosa e corrupção passiva.

Os investigadores também apreenderam 19 computadores, 8 aparelhos celulares, pen drives e documentos.

O Ministério Público chegou a pedir a prisão preventiva dos três investigados, mas o pedido foi indeferido pela Justiça.

Em nota, a prefeitura de São Bernardo do Campo afirmou que foi surpreendida com a operação e instaurou um processo administrativo para apurar todo o caso.

*Informações do repórter Bruno Escudero