ANAC suspende empresa de helicóptero que levava Boechat

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2019 06h39
Marcelo Gonçalves/Estadão ConteúdoA suspensão é válida a partir desta quarta-feira (13)

A Agência Nacional de Aviação Civil suspendeu cautelarmente a RQ Serviços Aéreos Especializados e interditou as aeronaves da empresa, por indícios de prática irregular de táxi-aéreo. A suspensão é válida a partir desta quarta-feira (13).

O processo de investigação foi aberto no dia 11 para constatar o tipo de serviço que estava sendo prestado com a aeronave no momento do acidente que ocasionou a morte do piloto Ronaldo Quattrucci e do jornalista Ricardo Boechat.

A RQ Serviços Aéreos Especializados possuía autorização para prestar serviços especializados, como aerofotografia e aerocinematografia só que não possuía autorização para executar o serviço de transporte remunerado de passageiros.

As empresas Libbs Iindústria Farmacêutica, Zum Brazil Eventos e a própria RQ Serviços Aéreos envolvidas na contratação do serviço foram oficiadas pela ANAC para prestarem esclarecimentos e apresentarem a documentação que comprove o tipo de contratação.

*Informações do repórter Victor Moraes