Anvisa abre consulta pública para mudar rótulos de alimentos vendidos no País

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2017 07h11
Agência BrasilA ideia é a que a leitura seja mais simples para o consumidor identificar nas embalagens níveis elevados de açúcar, gordura e sal

Após três anos de discussões internas, a Anvisa agora abre consulta pública para escolher o novo modelo de rótulos de alimentos vendidos no País.

A ideia é a que a leitura seja mais simples para o consumidor identificar nas embalagens níveis elevados de açúcar, gordura e sal.

São duas as opções: um semáforo na parte frontal, com a cor vermelha representando os alimentos mais nocivos à saúde. Ou triângulos pretos. Ambos os modelos já são usados em outros países.

Segundo o presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, o tema não deve ser protelado para evitar fins políticos: “é um tema complexo e exige que seja enfrentado de maneira apropriada”.

A decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, até agora, foi rodeada de polêmicas e embates técnicos entre setores da indústria, associações médicas e entidades ligadas ao direito do consumidor tentou aproximar às sugestões às normas do Mercosul.

Igor Brito, do Instituto de Defesa do Consumidor, por exemplo, defendeu a ideia dos triângulos pretos com a borda branca para que a informação se destaque na frente da embalagem. Modelo já adotado pelo Chile.

Na reunião da Anvisa, reiterou a necessidade de uma regulação: “a partir de uma regulação eficiente, a promoção de um consumo saudável, capaz de prevenir a sociedade de doenças crônicas e não transmissíveis”.

Na mesma reunião foi aprovada a Iniciativa para atualizar regra de alimentos alergênicos também com a abertura de consulta pública a partir de 1º de janeiro.

*Informações da repórter Carolina Ercolin