Anvisa quer lupa indicando teor de sal, gordura e açúcar em rótulos

  • 13/09/2019 07h19
Agência BrasilDesde 2014, a Agência discute mudanças na rotulagem para facilitar a compreensão das informações nutricionais

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou mudanças nos rótulos de alimentos produzidos ou vendidos no país. A proposta quer tornar mais clara a indicação das informações nutricionais.

Produtos com alto teor de sódio, gordura e açúcar, por exemplo, deverão trazer o desenho de uma lupa na parte frontal das embalagens. O texto será submetido à consulta pública por 45 dias antes de nova avaliação pela direção da Anvisa.

A diretora da Agência, Alessandra Bastos Soares, alega que o intuito das mudanças é facilitar a vida dos consumidores.

Nem todos os produtos serão obrigados a incluir a lupa na parte frontal da embalagem. Alimentos pequenos, como balas vendidas a granel, estão liberados das recomendações. Suplementos alimentares, produtos para controle de preso, carnes, pescados, e outras categorias também ficaram de fora.

Em nota, a Rede Rotulagem, formada por 20 entidades ligadas ao setor produtivo de alimentos e bebidas, informou que não acredita na eficiência desse tipo de advertência em alimentos.

O setor defende melhorias no modelo informativo nutricional como a adoção de critérios de porções para o rótulo frontal. De acordo com a Rede Rotulagem esse é o modelo que mais se aproxima da realidade do consumidor.

Desde 2014, a Agência discute mudanças na rotulagem para facilitar a compreensão das informações nutricionais.

A proposta aprovada nesta quinta-feira (12) entraria em vigor um ano após a publicação apenas para novos produtos. Após 30 meses, a regra deve ser seguida para produtos que já estão no mercado.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro