Ao menos cinco partidos já oficializaram apoio a Maia para presidência da Câmara

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 07h11
Marcelo Camargo/Agência BrasilPor outro lado, o MDB e o PP não gostaram do alinhamento de Maia com o partido do presidente da República e estudam lançar outro nome

Pelo menos cinco partidos já declararam apoio formal à candidatura de Rodrigo Maia (DEM) à reeleição na presidência da Câmara.

Depois do PSL, PRB e PPS, foi a vez do PSC anunciar que vai votar pelo terceiro mandato do atual presidente. Somados com o próprio DEM, esses partidos têm 127 deputados.

Dentro do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, a decisão não é unânime e parte da bancada ficou descontente, mas o apoio está decretado.

Nos próximos dias, siglas alinhadas com o governo, como PR e PTB devem ingressar. Também pode ser o caso do PSB, mesmo sendo oposição ao governo Bolsonaro.

Por outro lado, o MDB e o PP não gostaram do alinhamento de Maia com o partido do presidente da República e estudam lançar outro nome, buscando apoio de parte do centrão e até da esquerda. O objetivo é levar a disputa para o segundo turno e equilibrar o eixo de poder dentro da Casa.

Dentro da esquerda, já está posta a candidatura de Marcelo Freixo (PSOL), que busca o apoio do PT, PDT e PCdoB. Alas com discurso mais ideológico dessas legendas são a favor de apoiar o deputado eleito, mais pragmáticos preferem um candidato que tenha chances mais reais para fazer parte da Mesa Diretora.

O mercado financeiro e a equipe econômica do governo veem com bons olhos a reeleição de Rodrigo Maia. O atual presidente da Câmara é tido como um bom articulador, o que facilitaria a aprovação de temas como a Reforma da Previdência.

*Informações do repórter Levy Guimarães