Apesar da crítica de Trump, jogadores da NFL se ajoelham durante hino nacional

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2017 06h43 - Atualizado em 02/10/2017 11h50
EFENa última semana, Donald Trump pediu o fim da prática, que é um protesto contra a injustiça racial no país

Jogadores da NFL reforçam protesto contra desigualdade racial e afrontam o presidente dos Estados Unidos Donald Trump. Mais uma vez os ritos patrióticos antes dos jogos de futebol americano atraíram a atenção.

Jogadores da Liga Nacional, a NFL, se ajoelharam durante a execução do hino nacional norte-americano antes da partida que aconteceu no domingo em Londres.

Outros atletas do Miami Dolphins e os oponentes do New Orleans Saints ficaram em pé, muitos deles com a mão direita sobre o peito.

Na última semana, Donald Trump pediu o fim da prática, que é um protesto contra a injustiça racial no país.

A crítica do presidente norte americano é de que o gesto seria um desrespeito ao país e à bandeira.

Ele chegou a xingar a mãe dos jogadores, e disse que eles deveriam ser demitidos caso ajoelhassem novamente:

Um dia antes da partida, Trump escreveu no Twitter que era “muito importante que os jogadores da NFL ficassem em pé” no dia seguinte durante o hino nacional. Ele pediu respeito à bandeira e ao país.

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto