Após drones suspenderem voos no Aeroporto Salgado Filho, PF convoca cúpula de segurança

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2018 07h17
Reprodução/YoutubeParticiparam do encontro nesta terça-feira (20), a Frapor, que administra o Salgado Filho, a Anac, Destacamentos de Controle do Espaço Aéreo, da FAB, Brigada Militar e Polícia Civil gaúcha

Após dois drones sobrevoarem a região do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e suspenderem voos por uma hora e 15 minutos na segunda-feira (19), a Polícia Federal convocou reunião com forças de segurança para discutir medidas de proteção contra as aeronaves remotamente pilotadas.

Participaram do encontro nesta terça-feira (20), a Frapor, que administra o Salgado Filho, a Anac, Destacamentos de Controle do Espaço Aéreo, da FAB, Brigada Militar e Polícia Civil gaúcha.

Além de definir medidas de proteção, os órgãos buscam encontrar os responsáveis pelos drones. As aeronaves remotamente pilotadas são regulamentadas no País, mas precisam seguir série de orientações.

Além disto, pilotos de equipamentos com mais de 25 quilos precisam de habilitação. No RS haviam 1.580 pilotos credenciados pela Anac em fevereiro. Quem romper regras da regulamentação pode ser processado na esfera cível, administrativa e criminal.

*Informações do repórter Sandro Sauer