Após novos áudios, Temer redesenha sua estratégia nesta quarta

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2017 06h42 - Atualizado em 06/09/2017 11h49
Presidente se reunirá com advogado após audios

Já de volta ao Brasil, o presidente Michel Temer pretende a partir de agora analisar detalhadamente com seus advogados os novos áudios do dono da JBS, Joesley Batista, cujo segredo, foi quebrado nesta terça-feira (05) pelo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

Na China, o presidente garantiu que estava tranquilo: “com a serenidade de sempre, não houve uma alteração sequer”.

No Palácio do Planalto, a avaliação é que as revisões das delações enfraquecem, e muito, as denúncias contra o presidente. Enfraqueceria também uma possível segunda denúncia que deverá ser apresentada pelo Procurador.

Vale lembrar que desde o primeiro momento, a estratégia do presidente foi desqualificar as afirmações do empresário, estratégia inclusive reafirmada na semana passada em nota divulgada pelo Palácio do Planalto.

De volta à Brasília o presidente deverá analisar com o advogado Antônio Cláudio Mariz, novas medidas judiciais cabíveis. Existe a possibilidade de Mariz inclusive pedir a anulação das provas apresentadas na delação.

O Governo busca informações também sobre a delação do doleiro Lúcio Funaro, que seria operador do PMDB, homologada nesta terça-feira pelo ministro Edson Fachin.

*Informações da repórter Luciana Verdolin