Após prisão de Lula, políticos processados esperam revisão do STF sobre segunda instância

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2018 06h12
EFE/Sebastião MoreiraOs próximos a serem julgados no STF serão a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o deputado Nélson Meurer (PP)

A prisão do ex-presidente Lula deixa políticos inquietos e certos de que ninguém será poupado. As tentativas de interferência falharam e resta o apelo total à mudança da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que determina a prisão após a condenação em segunda instância.

Os próximos a serem julgados no STF serão a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o deputado Nélson Meurer (PP). Os processos estão adiantados e a conclusão deve acontecer nos próximos meses. A fila é grande.

São 238 deputados e senadores investigados, o que forma resistência forte que não conseguiu chegar ao Supremo e aos juízes federais que levam os processos. A tendência é que sejam todos julgados, mas o debate é sobre quando isso vai ocorrer.

*Informações do repórter José Maria Trindade