Após quatro anos fechado, auditório do Memorial da América Latina reabre nesta semana

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2017 08h22
A2img/Alexandre CarvalhoOs últimos ajustes já estão sendo feitos. Agora faltam poucos detalhes para que o auditório do Memorial da América Latina possa ser reaberto

Depois de 4 anos, o auditório do Memorial da América Latina, em São Paulo, vai ser reaberto ao público essa semana. O auditório estava fechado desde dezembro de 2013 por causa de um incêndio.

Os últimos ajustes já estão sendo feitos. Agora faltam poucos detalhes para que o auditório do Memorial da América Latina possa ser reaberto.

Nada muito complicado. É içar as caixas de som, tirar o plástico das 1.788 poltronas novas, apertar alguns parafusos e está pronto. Tudo teve que ser refeito, e com material anti-chamas.

Até mesmo a tapeçaria de 840 m² desenhada pela artista plástica Tomie Ohtake.

O original não existe mais, mas o projeto do desenho estava guardado no escritório da artista e, por isso, foi possível refazer toda a obra de forma idêntica.

Não só a tapeçaria original, mas as poltronas, o palco, a estrutura do prédio, praticamente tudo foi perdido no incêndio, em novembro de 2013.

Por horas, o fogo de um curto circuito ardeu dentro da estrutura desenhada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e destruiu tudo. Por sorte, ninguém ficou ferido. Mas o auditório está fechado desde então.

As obras para recuperar tudo isso custaram R$ 42 milhões, e foram feitas em um tempo curto pra proporção que foi, segundo o diretor presidente da fundação Memorial da América Latina, Irineu Ferraz.

Por fora, a fachada foi toda restaurada. Do lado de dentro, o saguão principal também, inclusive as obras de arte que tem dentro, como a escultura da Pomba, que fica no alto da rampa de entrada do auditório, feita pelo artista Alfredo Ceschiatti.

O mármore do piso e das paredes foi recuperado.

Agora, depois de quatro anos está tudo pronto, e de forma espetacular, só esperando o que mais importa num espetáculo: o público.

O auditório do Memorial da América Latina vai ser reaberto nessa sexta-feira (15) para convidados, e no sábado ele reabre as portas para todo o público com um espetáculo em homenagem à cantora Elza Soares, às 21h.

Confira a reportagem completa de Caio Rocha: