Atividade da indústria da construção em janeiro supera a registrada há um ano, diz CNI

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2020 06h36 - Atualizado em 28/02/2020 08h08
Arquivo/Agência BrasilA pesquisa também revelou que os empresários do setor mantêm o otimismo para os próximos meses: 62 pontos

A Confederação Nacional da Indústria apontou que setor da construção registrou o melhor índice de empregados desde 2013, mas o nível de atividade voltou a cair em janeiro.

Apesar da retração, o ritmo diminuiu em relação a dezembro — em janeiro o índice de atividade do setor ficou em 47,5 pontos, contra 45,8 pontos no mês anterior.

Os resultados abaixo de 50 pontos indicam contração. No mesmo período do ano passado, o indicador estava em 44 pontos. Isso sinaliza que a retração neste ano foi menor.

Sazonalmente janeiro registra queda na atividade da indústria da construção por causa das férias, chuvas, festas e movimento nas estradas. Mas outros indicadores, como emprego e utilização da capacidade, apresentaram recuperação.

O número de empregados ficou em 47,3 pontos — 4,8 pontos acima do verificado há um ano. Segundo a CNI, o indicador está no nível mais alto para meses de janeiro desde 2013, quando atingiu 49 pontos.

A ociosidade também caiu. O nível de utilização da capacidade operacional fechou janeiro em 60%, alta de cinco pontos percentuais em relação ao mesmo mês de 2019. A CNI avalia que a recuperação da indústria da construção reflete a estabilidade da economia e a redução dos juros.

A pesquisa também revelou que os empresários do setor mantêm o otimismo para os próximos meses: 62 pontos.

A sondagem ouviu 478 empresas do setor em todo o país entre 3 e 12 de fevereiro.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos