Atuação integrada entre governo e Prefeitura na Cracolândia tem balanço positivo, diz secretário

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2017 09h12
23 05 2017 Sao Paulo SP Brasil - Com a retirada do viciados em crack da região da Luz centro . Outros locais como Praça Princesa Isabel é a nova" Cracolandia" com centenas de usuarios de droga na cidade e tamebém em outros locais do centro. Foto Alan White/Fotos PublicasEm 21 de maio, as polícias civil e militar fizeram uma grande operação de combate ao tráfico de drogas na região central da capital paulista

O Secretário Estadual de Desenvolvimento Social afirmou que o balanço de três meses de atuação integrada entre Estado e Prefeitura na Cracolândia é positivo.

Floriano Pesaro deu a declaração na manhã desta terça-feira (22) após participar da abertura de um seminário sobre inovação no setor público promovido pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo.

Em 21 de maio, as polícias civil e militar fizeram uma grande operação de combate ao tráfico de drogas na região central da capital paulista.

De lá para cá, o chamado “fluxo” deixou a esquina da alameda Dino Bueno com a Helvétia e já esteve praça Princesa Isabel, na alameda Cleveland e agora os dependentes estão principalmente na praça Júlio Prestes.

Ao mesmo tempo, Prefeitura e Governo do Estado têm tentado integrar esforços a partir do Projeto Redenção, que visa unir algumas iniciativas já existentes das duas esferas administrativas.

O secretário de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, disse que as ações têm feito a demanda do tráfico recuar na área: “os números mostram aumento do atendimento, melhoria, o resultado que isso vem dando e a diminuição do tráfico na região”.

A Prefeitura de São Paulo disse que fez 142 mil abordagens a dependentes químicos desde o dia vinte e um de maio.

Já a Secretaria Estadual de Saúde fez cerca de 1,3 mil internações voluntárias e outras mil e trezentas por meio do programa Recomeço.

De acordo com a Secretaria Estadual da Segurança Pública, desde 21 de maio foram realizadas 381 prisões no entorno da região conhecida como Cracolândia.

*Informações do repórter Tiago Muniz