Audiência entre indicado à Suprema Corte dos EUA e psicóloga ainda não tem confirmação

  • Por Jovem Pan
  • 19/09/2018 07h21
EFEBrett Kavanaugh foi indicado pelo presidente Donald Trump para um cargo vitalício no tribunal mais alto do país

A audiência pública entre o indicado à Suprema Corte dos Estados Unidos, Brett Kavanaugh, e a psicóloga que o acusou de abuso sexual ainda não foi confirmada pelo Senado norte-americano.

Os dois foram convocados a testemunhar perante o Comitê Judiciário da Câmara na próxima segunda-feira (24). A sessão ainda não foi confirmada porque a psicóloga Christine Blasey, ainda não respondeu à solicitação de comparecimento da Corte.

A mulher acusou Kavanaugh de tentar tirar as roupas dela quando estava bêbado em Maryland, há 36 anos, quando eram estudantes. O juiz negou as acusações.

Brett Kavanaugh foi indicado pelo presidente Donald Trump para um cargo vitalício no tribunal mais alto do país. A nomeação do juiz seria analisada nesta quinta-feira (20) pelos senadores, mas com as audições marcadas para segunda-feira, a votação foi adiada.

*Informações da repórter Nanny Cox