Autoridades se reúnem nesta segunda (26) para apurar causas de apagão na última semana

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2018 06h48 - Atualizado em 26/03/2018 09h44
Jarbas Oliveira/Estadão ConteúdoA interrupção aconteceu na quarta-feira (21); os Estados mais afetados ficam nas regiões Norte e Nordeste, com alguns locais ficando sem energia por quatro horas

As autoridades que gerenciam o sistema elétrico se reúnem nesta segunda-feira (26) para apurar as causas do apagão que atingiu todas as regiões do Brasil.

A interrupção aconteceu na quarta-feira (21); os Estados mais afetados ficam nas regiões Norte e Nordeste, com alguns locais ficando sem energia por quatro horas.

O blecaute ocorreu em razão de uma falha no disjuntor da subestação de Xingu, no Pará, por onde passa a energia gerada pela usina de Belo Monte.

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico, Luiz Eduardo Barata Ferreira, disse que um diagnóstico deve sair em até 15 dias.

A análise da Aneel pode levar até seis meses porque terá prazos de defesa para a parte que for eventualmente responsabilizada. Correia disse que esse processo exige cuidado.

O Ministério de Minas e Energia negou que haja vulnerabilidade no sistema e disse que o apagão não representa um risco de desabastecimento elétrico.

A interrupção afetou 83 milhões de pessoas, de acordo com o ONS.

*Informações do repórter Tiago Muniz