Autorização para entrada em países europeus deve diminuir filas em aeroportos da UE

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2018 06h59 - Atualizado em 09/07/2018 08h48
PixabayA autorização custará cerca de 7 euros e a requisição poderá ser feita através da internet

A exigência de autorização para entrar na Europa a partir de 2021 será benéfica aos viajantes. Este é o entendimento da professora de turismo da Universidade de São Paulo, Mariana Aldrigui.

A especialista acrescentou que o Brasil não deve adotar a reciprocidade com os europeus, passando a exigir o documento. Segundo ela, o novo sistema tornará mais célere os trâmites e triagens e resultará na diminuição das filas em aeroportos.

A autorização custará cerca de 7 euros e a requisição poderá ser feita através da internet.

Os dados preenchidos serão checados pela União Europeia e cruzados com a Interpol.

A intenção é impedir a entrada de pessoas consideradas suspeitas no velho continente.

*Informações do repórter Daniel Lian