Balança comercial tem melhor resultado da história em outubro

  • Por Jovem Pan
  • 02/11/2018 08h40
EFE/ Jerome FavreOs produtos que mais impulsionaram o índice foram combustíveis e lubrificantes. Apesar do bom saldo em outubro, o acumulado do ano é menor que o de 2017.

A balança comercial brasileira teve um superávit de 6,1 bilhões de dólares no mês de outubro.

Esse foi o valor que o país exportou a mais do que importou. Segundo o Ministério da Indústria e Comércio Exterior, esse foi índice para o mês desde o início da série histórica, em 1989.

Em comparação a outubro do ano passado, o resultado é 17,9 por cento superior. As exportações no último mês somaram 22,2 bilhões de dólares. O aumento mais significativo foi nas vendas de produtos básicos, como carne, frutas e soja, em 26 por cento. Já as importações totalizaram 16,1 bilhões de dólares.

Os produtos que mais impulsionaram o índice foram combustíveis e lubrificantes. Apesar do bom saldo em outubro, o acumulado do ano é menor que o de 2017. Nos dez primeiros meses de 2018, o lucro da balança comercial é 18,4 por cento menor do que no mesmo período do ano passado.

Segundo o Ministério da Indústria e Comércio Exterior, o motivo é a recuperação das importações, que aumentaram em um quinto, devido ao crescimento da produção e do consumo. Tanto o Banco Central como o mercado preveem um superávit de 55 a 56 bilhões de dólares até o final do ano. No ano passado, foram 67 bilhões de lucro.

*Com informações do repórter Levy Guimarães